Posts tagged ‘estamparia artesanal’

ESTAMPARIA ARTESANAL COM CARIMBOS | festA! | Sesc Santo André | SP

No sábado passado (11 de março) fiz parte de um importante evento ocorrido nas unidades do Sesc SP, o festA! Festival de Aprender. A convite do Sesc Santo André ministrei a oficina de Estamparia Artesanal com Carimbos, na qual mostrei aos participantes como aproveitar materiais simples na personalização de ecobags. Alguns dos bonitos resultados obtidos pelos alunos podem ser visto nas fotos abaixo (clique nas imagens para ampliá-las).

Eu sempre costumo me surpreender positivamente com a maioria dos trabalhos realizados durante as oficinas e workshops, mas desta vez, realmente, a surpresa com os resultados superou todas as minhas expectativas! Num tempo relativamente curto, os alunos criativos conseguiram elaborar trabalhos tão bonitos quanto originais, ultrapassando em muito as orientações que ofereci a eles. Impossível não me sentir extremamente gratificado!

Agradeço ao Sesc Santo André pelo convite e pela oportunidade de fazer parte dessa festA! Agradeço igualmente à Maria Luiza e Renata Figueiró pelo auxílio valioso que me prestaram durante o evento e também pela escolha do belo espaço no qual a oficina aconteceu.

Anúncios

13 março 2017 at 19:28 4 comentários

ESTAMPARIA ARTESANAL | ESTÊNCIL | 2ª parte

Conforme prometido na semana passada, publico hoje a segunda parte do passo-a-passo da estamparia artesanal feita com Estêncil.

COMO ESTAMPAR USANDO ESTÊNCIL

Material necessário

  • Tintas para tecido
  • Godê ou prato pequeno
  • Esponja macia ou pincel batedor (para aplicar a tinta)
  • Tecidos de fibras naturais (algodão, linho, etc.)
  • Fita crepe ou durex (para fixar o estêncil sobre o tecido)
  • Jornais velhos ou papel pardo
  • Moldes de estêncil

Organize o material a ser usado para estampar e prepare o local da aplicação. Forre a superfície que servirá de apoio com jornais (ou papel pardo) para protegê-la.

Estique o tecido sobre a superfície protegida e prenda-o com fita crepe ou durex. Considere que o tecido deverá ser composto por fibras naturais, do contrário a tinta não se fixará adequadamente. Em seguida, fixe o estêncil (com durex ou fita crepe) sobre a parte do tecido que pretende estampar.

Escolha a tinta que será aplicada e coloque-a, sem diluir, num godê ou prato. Se for usar o pincel batedor, o godê é mais indicado, pois evitará que a tinta se espalhe muito. Se for usar a esponja — pode ser uma esponja de cozinha cortada em pequenos pedaços — terá a opção das diferentes texturas para criar efeitos diversos.

Molhe a esponja ou o pincel na tinta e comece a aplicá-la, pressionando suavemente e de dentro para fora, nos espaços vazados do estêncil. Não exagere na quantidade de tinta e tome cuidado para que ela não escorra por baixo do molde.

Aplique uma ou duas demãos de tinta conforme a necessidade ou a intenção do efeito que deseja obter. Fique atento para não ultrapassar as dimensões externas do estêncil e borrar acidentalmente o tecido ao redor dele.

Destaque o durex das bordas do estêncil e retire-o cuidadosamente de cima do tecido. Deixe a tinta secar.

Posicione o outro estêncil (com a figura do caule) no local apropriado e repita os procedimentos descritos anteriormente. Se a estampa tiver mais de uma cor, aplique as tintas mais claras antes das escuras. Espere que cada cor seque completamente antes de aplicar as demais.

Depois de aplicada a nova cor, remova o molde e deixe a tinta secar por aproximadamente 72 horas. Para melhor finalização, antes de o tecido ser lavado, passe-o com um ferro quente colocando um pano sobre a estampa ou pelo lado do avesso. Isso ajudará a fixar melhor a tinta. Não se esqueça de limpar bem os estênceis usados no processo, pois eles poderão ser reutilizados em outras ocasiões.

A técnica do estêncil permite que, além de estampas localizadas, sejam feitas também “estampas corridas” (ou falso-corrido). Para tanto, basta repetir a aplicação dos motivos a intervalos regulares ou mesmo aleatoriamente a fim de estampar superfícies maiores. Como nos exemplos a seguir.

Estampa feita apenas com o estêncil das folhas e caule do motivo floral. As folhas em azul mais escuro foram aplicadas com o mesmo molde sem que o caule fosse impresso — pode-se isolá-lo, cobrindo-o com fita crepe ou simplesmente não aplicando a tinta no espaço vazado.

Estampa feita apenas com o estêncil da flor. O molde foi posicionado de forma a simular uma padronagem.

 

4 novembro 2010 at 0:11 25 comentários

ESTAMPARIA ARTESANAL | ESTÊNCIL | 1ª parte

O comentário de um visitante do meu blog (que buscava informações sobre estamparia artesanal e corantes naturais) fez com que eu me lembrasse de um trabalho que fiz recentemente, para a pós-graduação, sobre técnicas artesanais de estamparia. Então, publicarei aqui parte deste trabalho dividido em duas postagens, ambas contendo um passo-a-passo de como confeccionar o molde para estêncil e também de como estampar tecidos usando este processo.

O QUE É ESTÊNCIL?

Estêncil (ou stencil) é um molde com recortes vazados que formam figuras. Para estampar usando esta técnica, o molde vazado tem de ser fixado sobre uma superfície para que a tinta seja aplicada. A tinta que atinge a superfície sob o molde fica delimitada pelos espaços vazados, reproduzindo a figura. O estêncil é utilizado para imprimir desenhos sobre inúmeras superfícies, do cimento ao tecido. O molde pode ser feito de papel, plástico, metal, vinil, madeira… desde que o material seja maleável, resistente à aplicação da tinta e fácil de cortar.

COMO FAZER O ESTÊNCIL?

A técnica do estêncil é a forma mais simples, rápida e barata de estampar tecidos ou demais superfícies. Pode ser realizada por qualquer pessoa, mesmo sem experiência em métodos de impressão. Esta técnica, porém, requer duas habilidades básicas: precisão no corte do molde e atenção à quantidade de tinta a ser aplicada.

MATERIAL PARA CONFECCIONAR O MOLDE

  • Radiografias antigas, lâminas de acetato ou folhas de transparência
  • Estilete ou bisturi (para cortar o estêncil)

PASSO-A-PASSO

Se for usar radiografias, é importante deixá-las transparentes. Isso facilitará a visualização do desenho no momento de cortar o estêncil.

Para apagar as imagens das radiografias basta colocá-las por alguns minutos numa solução de água com cloro (ou água-sanitária) — se for usar o cloro não é necessário colocar muito. Faça isso num tanque para facilitar a limpeza.

Depois de mergulhadas na solução, a “tinta” das radiografias começará a se dissolver. Use uma esponja macia para limpá-las. Se quiser, use também luvas de borracha para não expor a pele ao contato direto com a solução de água e cloro.

Enxágüe as lâminas e deixe-as secar penduradas num varal ou enxugue-as com um pano macio.

Lâminas de acetato devidamente limpas e prontas para serem cortadas. A vantagem de se usar as radiografias é que, além da reciclagem, elas costumam ser mais espessas e resistentes do que as transparências.

Antes de cortar o molde é preciso ter pronto o desenho que se pretende estampar. Evite motivos demasiado detalhados e preste atenção para não criar áreas isoladas que acabem sendo cortadas para fora do molde (as “ilhas”) — ou então use “pontes” para ligar as ilhas ao restante do estêncil.

Motivo floral desenhado com caneta hidrocor numa folha de papel A4. Se preferir, você também pode usar imagens feitas no computador, impressas em papel comum ou nas transparências. Se for habilidoso, poderá desenhar diretamente sobre o acetato.

Dependendo do motivo, ele poderá ser “desmembrado” e desenhado separadamente. Acima, folhas e caule a serem usados com a flor mostrada anteriormente. Observe os 2 segmentos ao longo do caule. Apesar de não ser propriamente uma “ilha”, achei melhor acrescentas duas “pontes” (os segmentos) a fim de que, na hora do corte, o molde não ficasse demasiado frágil.

A vantagem dos desenhos separados é que cada um gera um estêncil individual e, conseqüentemente, a possibilidade de estampas distintas — usando-se os motivos combinados ou isoladamente.

Antes de cortar o estêncil fixe o acetato sobre o desenho (ou vice-versa) usando durex ou fita crepe.

Posicione o acetato com o desenho sobre uma superfície sólida, de preferência vidro ou mármore, pois o estilete deslizará mais facilmente — e vai evitar que a mesa que estiver sendo usada como apoio seja danificada. Prenda (com fita crepe ou durex) o desenho e o acetato sobre a superfície para que eles não se movam acidentalmente no momento do corte. Com um estilete ou faca de corte comece a vazar o acetato firme e cuidadosamente, seguindo traçado do desenho fixado sob ele.

Observe atentamente cada desenho antes de cortá-lo e verifique a melhor forma de fazê-lo. No caso desta flor, o corte começou a ser feito do centro para as pontas, pois é mais fácil obter firmeza deste modo. Em motivos com elementos grandes e pequenos, comece cortando os menores e vá passando aos maiores gradativamente. Um corte bem feito é a base de um bom estêncil, pratique bastante o recorte antes de produzir seu molde.

 Depois de inteiramente cortado, separe o molde do desenho no papel. Se sua estampa for composta por mais de um motivo, repita os procedimentos acima para cada um dos moldes.

Os dois estênceis com motivo floral prontos para servirem como moldes na estamparia artesanal de tecidos.

Na próxima semana publicarei o passo-a-passo da impressão usando os moldes mostrados acima.

 

28 outubro 2010 at 0:03 56 comentários


Padronagens & Afins

Sobre mim

Follow padronagens & afins on WordPress.com

Meu Instagram

A Arte da Caligrafia
David Harris
Dorling Kindersley Editora
.

#livro #livros #book #books #caligrafia #calligraphy #calligraphyart #inspiração #inspiration #referência #referencias #reference #designdeestampas #designdesuperficie #printandpattern #printdesign #patterndesign #surfacepattern #surfacedesign  #dicadelivro #dicadelivros #wagnercampelo Calligraphy
A book of contemporary inspiration
Denise Lach
Thames & Hudson
.

#livro #livros #book #books #caligrafia #calligraphy #calligraphyart #inspiração #inspiration #referência #referencias #reference #designdeestampas #designdesuperficie #printandpattern #printdesign #patterndesign #surfacepattern #surfacedesign  #dicadelivro #dicadelivros #wagnercampelo Little Book of Lettering
Emily Gregory
Chronicle Books
.

#livro #livros #book #books #lettering #inspiração #inspiration #referência #referencias #reference #designdeestampas #designdesuperficie #printandpattern #printdesign #patterndesign #surfacepattern #surfacedesign  #dicadelivro #dicadelivros #stampastudio Depois da chuva...
After rain ...
.
#flores #flowers #plantas #plants #itanhanga #rio #riodejaneiro #inspiração #inspiration #wagnercampelo Depois da chuva...
After rain ...
.
#flores #flowers #plantas #plants #itanhanga #rio #riodejaneiro #inspiração #inspiration #wagnercampelo Depois da chuva...
After rain ...
.
#flores #flowers #plantas #plants #itanhanga #rio #riodejaneiro #inspiração #inspiration #wagnercampelo Marble Waves Parisian
.

Estampa disponível em produtos da Deny Designs

Print available on Deny Designs products

https://denydesigns.com/collections/art-products/at:marble-waves-parisian
.
#denydesigns #marble #waves #designdeestampas #designdesuperficie #printandpattern #printdesign #patterndesign #surfacedesign #surfacepattern #estampa #padronagem #wagnercampelo Marble Waves Serenity
.

Estampa disponível em produtos da Deny Designs

Print available on Deny Designs products

https://denydesigns.com/collections/art-products/at:marble-waves-serenity
.
#denydesigns #marble #waves #designdeestampas #designdesuperficie #printandpattern #printdesign #patterndesign #surfacedesign #surfacepattern #estampa #padronagem #wagnercampelo Marble Waves Desert
.

Estampa disponível em produtos da Deny Designs

Print available on Deny Designs products

https://denydesigns.com/collections/art-products/at:marble-waves-desert
.
#denydesigns #marble #waves #designdeestampas #designdesuperficie #printandpattern #printdesign #patterndesign #surfacedesign #surfacepattern #estampa #padronagem #wagnercampelo

Digite seu e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas postagens.
Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 643 outros seguidores

Meus Tweets

Arquivos

Calendário

novembro 2017
S T Q Q S S D
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Estatísticas

  • 806,772 visitas