Archive for outubro, 2015

QUAL O PREÇO DE UMA ESTAMPA?

estampa brasil

Não existe uma resposta única para esta pergunta, já que é necessário considerar diferentes fatores para estabelecer o valor deste tipo de trabalho. Antes de tudo, é importante lembrar que existem 2 tipos de estampa: as estampas corridas (padronagens impressas) e as estampas localizadas (não apenas as estampas para camisetas e outros itens, mas também os falso-corridos e as estampas de engenharia) — apenas as estampas corridas exigem a compreensão e domínio de técnicas de rapport em sua elaboração.

Para estabelecer o preço de uma estampa, além de seu tipo, é igualmente importante levar em conta fatores como: dimensão do desenho/imagem (quanto maior, mais cara), grau de complexidade (quanto mais elaborado, mais caro) e sistema de impressão (sobretudo no caso de o fechamento do arquivo para serigrafia e cilindro ficar a cargo do designer — as “artes-finais” para estes dois sistemas são mais trabalhosas). Existem ainda outros aspectos que podem ser considerados como: desenhos feitos à mão livre ou diretamente no computador, arquivos vetoriais ou arquivos de imagem, valor por hora ou valor pelo serviço, os segmentos de mercado (moda, decoração, papelaria…), etc. Assim, no momento de definir um orçamento, é fundamental atentar para todas as variáveis referentes à proposta que será entregue ao cliente.

No Brasil, não existe uma tabela oficial específica para design de estamparia, muito provavelmente por conta dos diversos fatores acima e seus desdobramentos. Entretanto, a título de referência, a SIB (Sociedade dos Ilustradores do Brasil) disponibiliza em seu site uma tabela, atualizada no segundo semestre de 2011, na qual os valores médios de estamparia para moda oscilam de R$ 450,00 a R$ 6.500,00. É possível perceber que entre o valor mínimo e o máximo existe uma grande curva que procura abranger toda a gama de variações possíveis.

A fim de corrigir o menor valor da tabela mencionada acima, considerando o ano de 2015, o mercado de moda e o desenvolvimento de estampas corridas, pode-se elevá-lo para R$ 600,00. Deste modo, teríamos valores médios razoáveis compreendendo desde estampas pequenas e simples até estampas de grandes formatos e bastante elaboradas.

Link para a tabela de valores da SIB: http://sib.org.br/wp-content/uploads/2013/08/irv_sib_2011.pdf

Este artigo foi publicado originalmente na 3ª edição do livro Alma Brasileira, em outubro de 2015.

Anúncios

31 outubro 2015 at 18:07 4 comentários

ALMA BRASILEIRA 2015

alma brasileira 2015

No início deste mês aconteceu em São Paulo a cerimônia de premiação dos vencedores da terceira edição do Prêmio Estampa Brasil. Nesta ocasião foi lançado o livro ALMA BRASILEIRA 2015, que explora a Brasilidade, mostrando sua diversidade pincelada na Amazônia, no Carnaval e no mosaico de culturas do país.

alma brasileira 2015

As 208 páginas da publicação trazem o resultado dessa inspiração traduzida em estampas ao reunir os trabalhos dos 12 finalistas em cada categoria do concurso, totalizando 72 estampas, sendo 36 na qualificação profissional e 36 na estudante.

alma brasileira 2015

Com coordenação editorial e textos do jornalista Ricardo Bueno e curadoria da designer de superfície Renata Rubim, a obra traz entrevistas e matérias sobre design e criação de estampas, além de artigos escritos pelos jurados do prêmio. O projeto tem coordenação executiva da Quattro e patrocínio da Renner. A seguir, imagens de alguns artigos do livro (clique para ampliar).

alma brasileira 2015

alma brasileira 2015

alma brasileira 2015

alma brasileira 2015

alma brasileira 2015

alma brasileira 2015

alma brasileira 2015

Abaixo, imagens dos trabalhos de alguns dos vencedores e finalistas (clique para ampliar).

alma brasileira 2015

alma brasileira 2015

alma brasileira 2015

alma brasileira 2015

alma brasileira 2015

alma brasileira 2015

alma brasileira 2015

alma brasileira 2015

alma brasileira 2015

alma brasileira 2015

alma brasileira 2015

alma brasileira 2015

alma brasileira 2015

alma brasileira 2015

alma brasileira 2015

alma brasileira 2015

alma brasileira 2015

alma brasileira 2015

alma brasileira 2015

alma brasileira 2015

O livro ALMA BRASILEIRA não será vendido, mas quem tiver interesse em obter um exemplar poderá solicitá-lo, pagando apenas o custo da remessa. Para obter mais informações escreva para: quattro@quattroprojetos.com.br

17 outubro 2015 at 23:05 3 comentários

RIO: PRIMEIRAS POSES | Instituto Moreira Salles

rio primeiras poses

Estará em cartaz até o dia 31 de dezembro deste ano, no IMS (Instituto Moreira Salles) a exposição RIO: PRIMEIRAS POSES, na qual a capital Carioca é retratada por diversos fotógrafos — renomados, amadores e anônimos —, entre 1840 e 1930.

A exposição percorre nove décadas de produção fotográfica no Rio de Janeiro, com fotos que documentam a cidade no Império, em especial durante o Segundo Reinado de d. Pedro II, e as primeiras quatro décadas da República.

Augusto Malta, Avenida Central, atual Rio Branco – um ano após a inauguração da instalação de iluminação incandescente, 1906, Coleção Brascan Cem Anos no Brasil, Acervo Instituto Moreira Salles, Gelatina e prata, 24 cm x 30 cm

Augusto Malta | Avenida Central (atual Rio Branco) – um ano após a inauguração da instalação de iluminação incandescente, 1906. Acervo Instituto Moreira Salles, Gelatina e prata, 24 cm x 30 cm

Estão expostas 450 imagens de fotógrafos como Abraham-Louis Buvelot, Georges Leuzinger, Victor Frond,Augusto Stahl, Revert Henri Klumb, Albert Henschel, Marc Ferrez, Joaquim Insley Pacheco, Hubner e Amaral, Carlos Bippus, Lopes, José dos Santos Affonso, Thiele, W. Kollien, Augusto Malta e Guilherme Santos, todas pertencentes ao acervo do IMS e escolhidas entre cerca de 10 mil imagens desse período. Muitas das fotos apresentadas nesta exposição nunca antes foram exibidas.

Copacabana, atual Posto 6, com o Morro Dois Irmãos ao fundo, c. 1895. Detalhe de foto de Marc Ferrez | acervo IMS.

Copacabana (atual Posto 6), com o Morro Dois Irmãos ao fundo, c. 1895. Detalhe de foto de Marc Ferrez | acervo IMS.

Organizada em seis ambientes dispostos em ordem cronológica, a exposição apresenta cerca de 250 fotografias originais, nas paredes e em vitrines, e mais três conjuntos de imagens em estruturas multimídia: espaço de projeção em 2,20 x 9 m, dois mapas interativos comandados por telas touchscreen e dois monitores com 75 fotos estereoscópicas cada, com visualização em 3D. As imagens digitalizadas e as ferramentas de visualização com magnificação oferecem ao visitante a possibilidade de observar detalhes nas fotografias que não seriam facilmente vistos nos originais.

Augusto Malta, Vista tomada do morro do Corcovado, 1906, Coleção Brascan Cem Anos no Brasil,Acervo Instituto Moreira Salles, Gelatina e Prata, 22,6 cm x 28,5 cm

Augusto Malta | Vista tomada do morro do Corcovado, 1906. Acervo Instituto Moreira Salles, Gelatina e Prata, 22,6 cm x 28,5 cm

Dois ambientes dedicados ao período que vai da década de 1850 à década de 1890, com fotos de Stahl, Leuzinger, Klumb, Frond e Ferrez, revelam a memória de uma paisagem urbana e traços de uma arquitetura estruturada ainda no período colonial e desenvolvida com maior intensidade depois da chegada da família real portuguesa em 1808. Nos demais ambientes, a exposição apresenta imagens que mostram as mudanças e reformas urbanas promovidas no início do século XX, em particular durante a administração Pereira Passos (1902-1906), com a construção da avenida Central, a inauguração da avenida Beira-Mar em direção à Glória, ao Catete, ao Flamengo e a Botafogo e a obras de melhoramento do porto do Rio de Janeiro e do canal do Mangue, entre outras. Essas ações foram registradas em particular por Augusto Malta, fotógrafo a serviço da prefeitura e de empresas como a Light, que incorpora em suas imagens tanto a cidade como sua população durante a transformação radical do “bota-abaixo” representado pela abertura da avenida Central e a posterior remoção do morro do Castelo.

Marc Ferrez/ Coleção Gilberto Ferrez/ Acervo Instituto Moreira Salles. Avenida Central na altura da Rua do Ouvidor, com rua Miguel Couto, Rio de Janeiro, c. 1906. Negativo de Vidro.

Marc Ferrez | Avenida Central na altura da Rua do Ouvidor, com rua Miguel Couto, Rio de Janeiro, c. 1906. Acervo Instituto Moreira Salles. Negativo de Vidro.

Marc Ferrez, único entre os fotógrafos reunidos na mostra a atravessar os dois séculos, realiza sua grande e última obra com o Álbum da avenida Central, que está destacado em um dos núcleos da exposição. Ferrez e Malta construiriam, com seus trabalhos, o principal legado da fotografia para a memória da cidade na passagem do século XIX para o XX.

Texto informativo extraído do site do IMS.

Para mais detalhes, visite o site especial da exposição: http://rioprimeirasposes.ims.com.br

RIO: PRIMEIRAS POSES | Visões da cidade a partir da chegada da fotografia (1840-1930) 

Instituto Moreira Salles – Rio de Janeiro
Rua Marquês de São Vicente 476, Gávea
Tel. (21) 3284-7400 | (21) 3206-2500

De terça a domingo, das 11h às 20h
Entrada franca | Classificação livre

Até 31 de dezembro de 2015.

 

2 outubro 2015 at 19:58 Deixe um comentário


Padronagens & Afins

Sobre mim

Follow padronagens & afins on WordPress.com

Meu Instagram

Depois da chuva...
After rain ...
.
#flores #flowers #plantas #plants #itanhanga #rio #riodejaneiro #inspiração #inspiration #wagnercampelo Depois da chuva...
After rain ...
.
#flores #flowers #plantas #plants #itanhanga #rio #riodejaneiro #inspiração #inspiration #wagnercampelo Depois da chuva...
After rain ...
.
#flores #flowers #plantas #plants #itanhanga #rio #riodejaneiro #inspiração #inspiration #wagnercampelo Marble Waves Parisian
.

Estampa disponível em produtos da Deny Designs

Print available on Deny Designs products

https://denydesigns.com/collections/art-products/at:marble-waves-parisian
.
#denydesigns #marble #waves #designdeestampas #designdesuperficie #printandpattern #printdesign #patterndesign #surfacedesign #surfacepattern #estampa #padronagem #wagnercampelo Marble Waves Serenity
.

Estampa disponível em produtos da Deny Designs

Print available on Deny Designs products

https://denydesigns.com/collections/art-products/at:marble-waves-serenity
.
#denydesigns #marble #waves #designdeestampas #designdesuperficie #printandpattern #printdesign #patterndesign #surfacedesign #surfacepattern #estampa #padronagem #wagnercampelo Marble Waves Desert
.

Estampa disponível em produtos da Deny Designs

Print available on Deny Designs products

https://denydesigns.com/collections/art-products/at:marble-waves-desert
.
#denydesigns #marble #waves #designdeestampas #designdesuperficie #printandpattern #printdesign #patterndesign #surfacedesign #surfacepattern #estampa #padronagem #wagnercampelo Calçada 
Sidewalk
.

#padronagem #pattern #calçada #sidewalk #praia #praiadesaoconrado #saoconrado #beach #riodejaneiro #rio #inspiração #inspiration #inspiringplaces #wagnercampelo A montanha, o céu e o mar...
The mountain, the sky and the sea ...
.

#praia #praiadesaoconrado #saoconrado #beach #litoral #coastline #riodejaneiro #rio #inspiração #inspiration #inspiringplaces #wagnercampelo Padronagem na areia...
Pattern on sand ...
.

#padronagem #pattern #areia #sand #praia #praiadesaoconrado #saoconrado #beach #litoral #coastline #riodejaneiro #rio #inspiração #inspiration #inspiringplaces #wagnercampelo

Digite seu e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas postagens.
Enter your email address to subscribe to this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 643 outros seguidores

Meus Tweets

Arquivos

Calendário

outubro 2015
S T Q Q S S D
« set   nov »
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Estatísticas

  • 806,263 visitas